Interface Homem-Máquina: Melhores Práticas de Usabilidade

Finalmente, entreguei o TCC com as correções finais!

Na verdade já faz um tempinho (quase um mês), e estava quase me esquecendo de disponibilizar para vocês caros leitores do QualidadeBR. O link para download, segue abaixo:

http://bit.ly/tcc-usabilidade

No começo da monografia, trocamos várias vezes de tema, para ter uma idéia, a nossa primeira escolha foi Sistemas em Tempo Real, depois cogitamos mudar para Interfaces (que iria envolver até realidade aumentada) e “decidimos” por fim fazer sobre Virtualização.

Após já está pesquisando sobre Virtualização, a minha dupla, o Jayson, me perguntou mais ou menos assim:

– Fabrício, o que você acha de fazer sobre usabilidade?

– hmmm…usabilidade, será que isso rende uma monografia? Acho que o assunto é meio limitado…

A partir daí, buscamos obter mais informações sobre usabilidade, perguntando para vários professores nossos, e até com outros de fora, como o Samuka Ribeiro, que dá aula sobre Interface Homem-Máquina, e que ajudou com um rico material sobre o assunto.

Acabamos percebendo que usabilidade podia sim, render uma boa monografia. E a partir daí, pude perceber que, a usabilidade não se resume a ser apenas uma característica de Qualidade de Software, e que há vários estudos e aspectos que devem ser levados em conta, durante o desenvolvimento de software.

Para mim, um dos maiores estímulos para escolher esse tema, foi o fato de muitas pessoas, boa parte formada de desenvolvedores e profissionais de TI, acharem que a interface de um software é um mero detalhe, aliás eu até falei sobre a importância da usabilidade nesse post.

Eu até entendo, que para nós profissionais de TI, a interface é algo que não tem tanta importância, afinal de contas, estamos acostumados a usar até prompts de comando e terminais. Mas pense bem, a maioria dos usuários de computadores não é formada por profissionais de TI. E fique sabendo, que até na época em que a interface de texto era predominante, já haviam pessoas preocupadas com a usabilidade dos sistemas.

Mais uma revelação, se prepare, essa pode até te surpreender. Por que você acha que os usuários ligam tanto para o suporte da sua empresa, muitas vezes com dúvidas que nem são sobre o seu sistema?

  1. Porque eles são usuários
  2. Porque eles são pessoas carentes e gostam de ouvir uma voz amiga
  3. Porque o sistema, realmente não está funcionando
  4. Porque eles estão perdidos e nem saber como interagir com o seu sistema
  5. Pode ser qualquer resposta citada acima

E a resposta correta é a 5 (hehe), pois depende da circunstância. Mas a alternativa 4 é uma que acontece bastante, devido a falta de usabilidade, que necessita ser uma das características de Qualidade de Software prioritárias. Principalmente se o sistema a ser desenvolvido tiver como público alvo, os usuários comuns. Afinal de contas, até nós profissionais de TI, às vezes, nos deparamos com uma interface ruim e ficamos perdidos.

Fique por dentro das novidades, assine o feed do QualidadeBR.
Assine o feed

P.S.: Quem se interessar pelo assunto, e for dá uma olhada na monografia, fique  à vontade para comentar sobre ela.

Anúncios