Receita do dia: Torta de bug

Momento Edu Guedes. Hoje vamos ver como preparar uma deliciosa torta de bug. A receita foi extraída do excelente capítulo No Bugs, do livro do James Shore “The Art of Agile Development”.

Para preparar a nossa torta de bug, primeiro iremos precisar de uma linguagem de programação desafiadora. Acredito que C pode ser uma boa. E iremos também dar uma pitada de Assembly.

Também precisamos adicionar alguns bugs misturando com programação concorrente. Afinal, os nossos velhos amigos segurança e disponibilidade estão felizes de lutarem um contra o outro para ver quem prover mais bugs. Eles até ajudaram os bugs da biblioteca multithread do Java por anos!

Agora vamos precisar de um problema de domínio bem difícil. Pode ser um sistema embarcado em tempo real.

Para cobertura desta receita de desastre, iremos precisar do tipo certo de programadores. Vamos ver… experts… acho que não, desenvolvedores sênior… também não! Juniores, ou melhor estagiários é o que precisamos.

Coloque os seus ingredientes: C, sistema embarcado em tempo real, multi-tarefas e não se esqueça dos estagiários e adicione um pouco de Assembly, bata bem e cozinhe por três anos.

Bom apetite, ou melhor, bons testes!😉

Fique por dentro das novidades, assine o feed do QualidadeBR.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s