3P – Piores Práticas de Projeto (parte 1)

Melhores Práticas de Projeto é um dos temas que mais vem ganhando espaço no mundo de TI, pois percebemos que um bom gerenciamento é fundamental para o sucesso do projeto. Mas se temos as melhores práticas, quais seriam as piores práticas?

Abaixo explico algumas das piores práticas de projeto (3P) que devemos tomar cuidado para não cometemos:

Não envolvimento dos stakeholders – Por mais absurdo que possa parecer, essa é uma das práticas que mais acontecem, na qual um ou mais stakeholders (envolvidos com o projeto) não participam ativamente do projeto, ou participam apenas no início, ocasionando vários problemas, como requisitos mal especificados. Este é uns dos problemas que afetam diretamente o prazo e custo do projeto e em determinados casos, pode até representar o fim de um projeto. Um exemplo de não envolvimento dos stakeholders aconteceu com o projeto do Rodoanel, onde grupos ambientais não foram colocados como stakeholders no início do projeto, e esses acabaram gerando impasses para o governo, resultando em grandes atrasos nas obras e aumento do custo.

Contratação de funcionários, quando o projeto está atrasado –  No desespero, muitos gerentes acabam contratando novos funcionários, quando o prazo do projeto já está com seu prazo vencendo, pois acreditam na teoria de quanto mais pessoas mais produtividade. Porém, na prática a história é outra, esse novo funcionário, por mais habilidoso e experiente que seja, terá que receber um treinamento a ser dado por um funcionário, portanto o projeto perderá um funcionário ao invés de ganhar um. Para entender melhor, seria como você contratar um novo jogador de futebol faltando cinco rodadas para o término do campeonato, por mais habilidoso que ele seja, ele terá o seu tempo de adaptação e se ele for colocado em campo, o desentrosamento pode prejudicar o time.

Falta de documentação – essa é umas práticas mais adotadas pelas empresas, por parecer a curto prazo uma boa prática, pois economizará tempo. Porém, a longo prazo ela pode fazer com que o projeto seja o caos. Imagine a seguinte situação: na empresa XPTO Zé é  programador sênior e responsável por um módulo crítico da aplicação, porém não costuma documentar nada que faz, nem ao menos comenta o código. Um certo dia, Zé consegue um emprego melhor e sai da XPTO. E agora como o projeto continuará sem o Zé? Ele era o único que tinha conhecimento sobre aquele módulo e sem esse módulo o projeto não poderá ser entregue.

É pessoal, vocês podem estarem achando que tal situação apresentada não acontece nas empresas, mas por mais incrível que pareça essa é uma das que mais acontece e que faz muitos dos gerentes “arrancarem os cabelos” (quando ainda tem). Por isso o projeto tem que ser documentado e bem documentado.

Documentar no final – Não sei o que é pior, não documentar ou documentar no final do projeto. Uma documentação feita no final do projeto, por mais esforço que se faça, será fraca e imprecisa e a razão para isso é simples, as pessoas acabam esquecendo o que elas fazem. Para exemplificar uma pergunta clássica: o que você comeu ontem no almoço?

Talvez, você até se lembre do que você comeu ontem, mas e antes de ontem, e na semana passada?

Se eu fosse pedir para você me fazer uma documentação do seu almoço por um mês, ela teria que ser feita antes do almoço, onde você colocaria qual o restaurante que você vai almoçar, qual será o pedido, etc; durante o almoço, situação em que você falaria sobre a qualidade da comida escolhida; e após o término do almoço, você iria descrever como foi o atendimento e quanto custou o almoço.

Logo percebemos que a documentação é uma tarefa que tem que ser feita, durante todo o projeto e não somente durante uma determinada etapa do projeto.

Bem pessoal, por hoje é só. Em breve trarei a segunda parte do 3P. Até a próxima!

Fique por dentro das novidades, assine o feed do QualidadeBR.
Subscribe

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s