FURPS+

FURPS+ é um sistema para a classificação de requisitos, o acrônimo representa categorias que podem ser usadas na definição de requisitos, assim como representa atributos de Qualidade de Software, sendo ele parte do Rational Unified Process (RUP):

Functionality (Funcionalidade) – representa todo aspecto funcional do software, ou seja seus requisitos. É uma categoria com diversas subcategorias que variam de acordo com a aplicação. Sua medição considera, principalmente, o cumprimento dos requesitos especificados.

Usability (Usabilidade) – é o atributo que avalia a interface com o usuário. Possui diversas subcategorias, entre elas: prevenção de erros; estética e design; ajudas (Help) e documentação; consistência e padrões.

Reliability (Confiabilidade) – refere-se a integridade, conformidade e interoperabilidade do software. Os requisitos a serem considerados são: freqüência e gravidade de falha; possibilidade de recuperação; possibilidade de previsão; exatidão; tempo médio entre falhas (MTBF).

Performance (Desempenho) – avalia os requisitos de desempenho do software. Podendo usar como medida diversos aspectos, entre eles: tempo de resposta, consumo de memória, utilização da CPU, capacidade de carga e disponibilidade da aplicação.

Supportability (Suportabilidade) – os requisitos de suportabilidade agrupam várias características, como: testabilidade, adaptabilidade, manutenibilidade, compatibilidade, configurabilidade, instalabilidade, escalabilidade, localizabilidade entre outros.

O “+” do acrônimo engloba outros requisitos não-funcionais que devem ser lembrados:

  • Requisitos de design (desenho) – Um requisito de design, freqüentemente chamado de uma restrição de design, especifica ou restringe o design de um sistema. Exemplos podem incluir: linguagens de programação, processo de software, uso de ferramentas de desenvolvimento, biblioteca de classes, etc.
  • Requisitos de implementação – Um requisito de implementação especifica ou restringe o código ou a construção de um sistema. Como exemplos, podemos citar:
    • padrões obrigatórios;
    • linguagens de implementação;
    • políticas de integridade de banco de dados;
    • limites de recursos;
    • ambientes operacionais.
  • Requisitos de interface – especifica ou restringe as funcionalidades inerentes a interface do sistema com usuário.
  • Requisitos físicos – especifica uma limitação física pelo hardware utilizado, por exemplo: material, forma, tamanho ou peso. Podendo representar requisitos de hardware, como as configurações físicas de rede obrigatórias.

FURPS+ (retirada de Rational Library)

Fique por dentro das novidades, assine o feed do QualidadeBR.

Fonte:

Rational Unified Process

Rational Library

Peter Eeles (Process Consultant for IBM Rational)

Anúncios

Um comentário sobre “FURPS+

  1. Pingback: Blog do Márcio d'Ávila » Modelo de Qualidade de Software de McCall

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s