Teste Estrutural (White Box) X Teste Funcional (Black Box)

Os testes de software são divididos em dois tipos:

Teste Estrutural: garantem que os softwares e os programas sejam estruturalmente sólidos e que funcionem no contexto técnico onde serão instalados [1]. Também conhecido como testes de White Box (Caixa Branca).

Teste Funcional: garantem o atendimento aos requisitos, ou seja, que os requisitos estão corretamente codificados [1]. Também conhecido como testes de Black Box (Caixa Preta).

Cada tipo de teste traz consigo diversas técnicas, sendo ela o processo que assegura o funcionamento adequado de alguns aspectos do sistema ou da unidade. Abaixo cito algumas destas técnicas, de acordo com o tipo de teste:

  • Técnicas de Teste Estrutural
    • Testes de carga;
    • Testes de conformidade;
    • Testes de desempenho (performance);
    • Testes de estresse;
    • Testes de execução;
    • Testes de operação;
    • Testes de recuperação (contingência);
    • Testes de segurança;
    • Testes de sobrevivência.
  • Técnicas de Teste Funcional
    • Teste de controle;
    • Teste de interconexão;
    • Testes paralelos;
    • Testes de requisitos;
    • Testes de regressão;
    • Testes de suporte manual;
    • Testes de tratamento de erros.

As técnicas de Testes Estruturais buscam garantir que o produto seja estruturalmente sólido e que funcione corretamente, o foco dos testes é averiguar o comportamento do sistema em determinadas situações. Já as técnicas de Testes Funcionais objetivam garantir que os requisitos e as especificações do sistema tenham sido atendidos, o foco dos testes é justamente a comparação do que foi planejado com o que foi produzido.

Em próximos artigos estarei detalhando cada uma das técnicas de testes, citadas aqui. Até lá!

Fique por dentro das novidades, assine o feed do QualidadeBR.

Fonte:

[1] Bastos, A.; Rios, E.; Cristalli, R. & Moreira, T. Base de conhecimento em teste de software. São Paulo, Martins Fontes, 2007.

Anúncios

4 comentários sobre “Teste Estrutural (White Box) X Teste Funcional (Black Box)

  1. Olá!
    Não concordo que teste estrutural seja sinônino de teste de caixa branca, assim como teste funcional seja sinônino de teste de caixa preta. Porque a visão do código pode ser branca, preta , cinza, etc.
    Não necessarimente eu preciso fazer um teste de desempenho (estrutural) vendo o código (cx branca). Isso seria até´bem difífil.
    Neste caso o teste é feito na visão “preta” e na maioria das vezes com ferramenta.
    Por essas conclusões, a pesar de saber que grandes nomes do Teste afirmam isso, não concordo com o título desse artigo.

    Gostaria de saber a opinião de outros colegas.

    Abçs,
    Claudia Barcelos, Analista de Teste CBTS.

    Responder
    • White Box, é porque você esta vendo por dentro, esta trabalhando diretamente com o código do sistema.
      Black Box, é porque você esta trabalhando com o sistema no mundo externo, você testa ele como se o usuário estivesse trabalhando com ele, portanto, você não mexe diretamente com o código, pois o usuário não enxerga ele.

      É por isso que estes nomes foram dados de qualificação para determinar a que grupo pertence cada tipo de teste.

  2. Olá Claudia!

    Muito bom o seu comentário!

    Eu tenho uma visão parecida, para mim caixa preta e caixa branca são apenas “rótulos” para classificar os testes. Pois há técnicas de testes, como por exemplo: o próprio teste de desempenho, que você citou, que é realizado analisando a estrutura interna (white box), mas geralmente utilizando ferramentas, então o código é algo fechado (black box) para o tester.

    No post eu coloquei esse título, por a maioria das literaturas associarem os testes estruturais com teste de caixa-branca e os funcionais com testes de caixa-preta, lembrando que os testes de caixa-preta também contém os testes do tipo não-funcional.

    O bom é saber que white box-teste estrutural e black box-teste funcional, são apenas associações feitas mais por didática, ela não está 100% correta na prática.

    Abraços!

    Responder
  3. Pingback: Os números de 2010 « QualidadeBR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s